20
JAN
2017

Flyer da CM Beja “Beja com Futuro” (Dezembro de 2016)

1.º Há, sensivelmente, 1 mês, foi distribuído, em Beja, o desdobrável “B de Beja – Beja para o Futuro” com a enumeração de um conjunto de intervenções, que a CM Beja se propõe realizar, na cidade e nas freguesias urbanas;

2.º É distribuído, com carácter de regularidade, no Concelho, o “Beja Informação – Boletim Municipal” no qual a informação referida poderia ter sido incluída, diminuindo substancialmente os custos de elaboração desta propaganda da Câmara Municipal de Beja;

3.º As obras/melhoramentos assinaladas, no mapa, não têm valores/custos associados, não se explica como serão pagas (Orçamento Municipal, Comparticipação Comunitária/Candidaturas, eventuais recursos a empréstimos), nem quando se inicia cada uma das intervenções consideradas para o futuro e nem se prevê a sua respetiva conclusão;

4.º Várias intervenções mencionadas foram já executadas no passado, não se compreendendo o porquê de estarem consideradas como intervenções presentes;

5.º Durante mais de 3 anos, a ação da Câmara Municipal de Beja foi, manifestamente, escassa nos domínios em que se propõe agora intervir fortemente, nomeadamente, nas redes de águas, nas pavimentações e nas recuperações e reabilitações de espaços de domínio público, não se prevendo por isso que possa haver nos 9 meses de mandato, que ainda restam, uma inversão substancial desta ineficácia;

6.º O PS/Beja considera, pois, que o desdobrável constitui uma ação de propaganda política do executivo CDU, no sentido de tentar salvar a face de um quadriénio que está quase esgotado e que foi grandemente perdido. O PS/Beja considera que este desdobrável “Sapatinho de Natal” constituiu, em conjunto com o Orçamento Municipal de 2017, aprovado em novembro último, não mais que a divulgação antecipada do programa eleitoral da CDU, para Beja, nas próximas eleições autárquicas, suportado à custa do orçamento municipal.

O Secretariado da Concelhia de Beja do Partido Socialista