27
ABR
2015

Requerimento – Sistema de aplicações de gestão autárquica AIRC

Posted By :
Comments : 0

Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Beja

Sabendo através do relatório de actividades que o sistema de aplicações de gestão autárquica AIRC já se encontra em funcionamento, consideramos que estão reunidas, finalmente, as condições ideias para que nos sejam facultadas as informações necessárias para que seja do conhecimento público os contornos em que esse mesmo sistema foi adquirido e implementado.

Assim, gostaríamos de colocar as seguintes questões, para as quais solicitamos respostas claras e breves:

1- Que serviços/aplicações é que os antigos sistemas (MEDIDATA e IPDMS) não davam resposta, ao ponto de ser necessária a aquisição e implementação de uma terceira solução?

2- Foram estudadas soluções para a actualização, correcção e/ou interoperabilidade dos dois sistemas já existentes, comparativamente com a implementação de uma nova solução de raiz?

3- Foi feito investimento na infra-estrutura já existente a nível de:

  • aquisição de servidores;
  • armazenamento;
  • licenciamento de software;
  • serviços de migração de dados;
  • manutenções anuais;
  • desenvolvimento de soluções;

4- Nesse estudo foram avaliadas as relações custos – benefícios?

5- Qual o custo de aquisição deste novo sistema?

6- Trata-se de uma substituição total ou parcial (módulos, subsistemas ou tudo?)

7- Qual a modalidade de aquisição deste novo serviço? Concurso público? Ajuste directo? Quais os seus contornos? Caso ainda não tenha sido formalmente adquirido, qual a previsão de aquisição?

8- Qual o calendário previsto para a implementação deste novo sistema, sendo que a mesmo já se iniciou?

9- Está previsto englobar esta aquisição em alguma candidatura a fundos comunitários? Se sim, quais os moldes previstos?

10- Essa candidatura a fundos comunitários choca em alguma forma com a candidatura anteriormente feita de modernização administrativa, cujo financiamento foi de 85%?

11- Qual o financiamento previsto para esta nova candidatura?

12- Quais os transtornos causados aos funcionários da autarquia, no seu dia-a-dia, uma vez que se deparam com a utilização simultânea de três sistemas diferentes? Essa utilização trouxe impactos ao atendimento ao público e na celeridade que se pretende de resposta desses serviços?

13- As novas aplicações são compatíveis com a estrutura de dados ORACLE já existente na autarquia, ou obriga à utilização de outra estrutura de dados duplicando os investimentos anteriormente realizados?

14- Foi prevista formação dos utilizadores e técnicos da autarquia para a utilização do sistema AIRC e gestão da mesma? Se sim, com que custos?

15- Quais os eventuais custos de paragem laboral decorrentes da formação e adaptação dos utilizadores?

16- Qual o grau de autonomia/dependência face ao fornecedor (open source com cedência do código-fonte ou não; possibilidade de uma task force interna)?

17- Foi avaliado o grau de satisfação dos utilizadores relativamente às aplicações/sistemas utilizados? Se sim, como?

18- A nova solução traduz-se numa melhoria dos serviços? Se sim, qual a base de comparação e resultados finais?

Estamos certos que estas questões terão a Sua melhor análise e resposta.

Gratos pela atenção,

O Grupo do Partido Socialista da Assembleia Municipal de Beja