10
AGO
2015

Vereadores do PS lamentam fenómeno de rejeição generalizada da água distribuída em Beja‏

Na reunião de Câmara realizada na passada quarta-feira, dia 5 de agosto, os Vereadores do PS apresentaram um conjunto de questões sobre a falta de qualidade que a água distribuída em Beja tem vindo a apresentar nas últimas semanas. 

O cheiro desagradável, o sabor estranho e por vezes mesmo turva, a água que sai das torneiras denuncia sérios problemas.

Obviamente que a confiança na água e na EMAS por parte dos munícipes, está fortemente abalada, um valor fundamental, consolidado nos anos mais recentes e que corre o sério risco de se perder irremediavelmente.

Face a um assunto tão importante e tão sensível, foram pedidas explicações sobre o grave problema e, mais preocupante, quais as medidas necessárias já tomadas e a tomar para repor a qualidade da água e assegurar a segurança dos consumidores.

As respostas dadas pelo executivo CDU foram lamentavelmente vagas e pouco consistentes, exceptuando as garantias de que os resultados das análises microbiológicas não colocarem em risco a saúde dos consumidores, manifestamente insuficientes para garantirem a qualidade duma água de confiança,para a qual se vinha generalizando o seu consumo a copo a partir da rede pública, sem receio. 

A resposta limitou-se a reproduzir um comunicado que a EMAS já tinha veiculado, comunicado esse que não só não clarificou nada, como lançou ainda mais desconfiança e insegurança. Foi até afirmado que a responsabilidade é só das “Águas do Alentejo”. Porém, o distribuidor final e responsável directo pela satisfação e segurança dos consumidores de Beja não é  a Águas Públicas do Alentejo mas sim a EMAS, empresa municipal (da Câmara Municipal de Beja) a quem os munícipes pagam a água que consomem e que portanto deve garantir um serviço e um produto de elevada qualidade!  

Infelizmente para todos nós, o serviço da EMAS e o seu produto fundamental, a água de Beja, já não são o que eram, deteriorando-se a todos os níveis.

Os Vereadores do PS na Câmara Municipal de Beja
José Velez
Ana Horta
Rui Marreiros

Para mais declarações, Vereadora Ana Horta 932 551 685